Fundação Cultural Cassiano Ricardo

 

 Após 16 anos fechado, a Prefeitura Municipal de São José dos Campos, por meio da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, vai começar as obras de revitalização do Cine Teatro Benedito Alves (Av. São José, 939 – Centro) nesta segunda-feira (25). A assinatura do termo de autorização desse início foi feito nesse sábado em frente ao prédio, que é preservado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural (Comphac).   

“Vamos fazer a reforma necessária preservando todas as características originais do prédio”, enfatizou o prefeito de São José dos Campos durante o ato. O Cine Teatro se enquadra no nível de Elementos de Preservação (EP 2), que permite a revitalização do patrimônio, uma vez que se preservem as características básicas e principais. Entre alguns dos elementos que serão preservados estão a fachada externa, o ladrilho hidráulico do andar superior, a boca de cena, as colunas laterais.

“Essa é uma conquista do movimento cultural de São José dos Campos. Várias pessoas lutaram para que esse prédio fosse recuperado. Era muito triste vê-lo fechado”, disse o presidente da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

“A reabertura desse espaço significa muito para a cidade, deixa ainda mais viva a cultura de São José dos Campos”, comentou o administrador João Luís de Castro, que ainda não teve a oportunidade de entrar no espaço. “Esse prédio é muito bonito e tem uma vista especial”, completou ele, se referindo ao fato do Cine Teatro Benedito Alves da Silva ficar em frente ao Banhado.

Nessa cerimônia que celebrou esta etapa no processo de reabertura do Cine Teatro, houve apresentações da Banda de Santana, do Grupo Síndrome Hip Hop, da Associação Síndrome de Down (ASIN), Congada com o grupo Filhos de N’Zambi e declamações de poemas com Zenilda Lua. 

A Construtora Morais Correa Ltda-Me venceu a concorrência pública para a execução da revitalização, já foi assinado. O prazo dos serviços de revitalização será de 12 meses, com investimento R$ 2.234.916,66, valor quase 22% menor que o previsto em licitação.

A obra terá aproximadamente 1.300 metros quadrados com capacidade para 270 pessoas. Além do espaço para projeção de filmes e apresentação de espetáculos teatrais, de dança e shows musicais, está prevista a construção de um anexo, que terá uma galeria de artes, área para café, entre outros espaços.

A licitação para esta revitalização foi aberta em dezembro, após a conclusão do  projeto executivo, elaborado pela Pauliceia Arquitetura, Restauro e Projetos Culturais Ltda, empresa que recuperou o prédio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro, entre outros.

Construído entre os anos de 1946 e 1950 por iniciativa da paróquia São José, o Cine Teatro Benedito Alves da Silva foi concebido para ser salão paroquial. O local foi utilizado para diversas atividades culturais, principalmente a apresentação de espetáculos teatrais, de dança e projeções cinematográficas.

Durante a cerimônia, o engenheiro Gabriel Alves da Silva Junior, conselheiro da FCCR e neto de Benedito Alves da Silva, lembrou da importância histórica do prédio. “Aqui foi realizada a primeira aula da Faculdade de Direito, em 1954. Também foi palco para a apresentação de artistas locais e outros de projeção nacional, além da Sessão Maldita, do Cine Planetário, entre tantos outros”, lembrou Gabriel, que veio com a família, composta por filhos, netos e bisnetos de Benedito Alves da Silva, para prestigiar o evento.

Quem também acompanhou esta cerimônia foi o aposentado Ivani Marcondes, que estava passeando por São José dos Campos. Ele ficou admirado com a beleza do prédio. “Você tem que apreciar e manter a tradição cultural de sua nação, de sua região. Sem cultura, não existe passado, se confunde o presente e não vai se entender o futuro”, enfatizou o jacareiense.   

Programação



 

Links