Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Cena da peça circense "Telhado de Ninguém", da Cia do Polvo. Foto: Paulo Barbuto.

Um telhado, uma chaminé, uma antena e um poste de luz se transformam em aparelhos de circo, ganhando vida por meio do corpo de artistas que se equilibram, dançam e fazem acrobacias. Este é o enredo da apresentação circense, musical e teatral ‘Telhado de Ninguém’, da Cia do Polvo, que acontece neste sábado (5), às 16h, no Teatro Municipal de São José dos Campos.

A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados uma hora antes do espetáculo, na bilheteria do próprio teatro.

Dois personagens se abrigam em um telhado após uma tempestade e sem terem para onde ir, são obrigados a conviver e encontrar formas para resolver suas diferenças. A situação se torna ainda mais complexa com a aparição de um terceiro personagem, um rato que vive no forro do telhado e provoca vários conflitos.

Produção e perfil

O trabalho foi desenvolvido para o público infantil em 2012 e desde então aborda temas como a comunicação, cooperação, amizade, respeito à diversidade cultural e a relação com o meio ambiente. Inspirado na linguagem do cinema mudo, toda a comunicação é feita gestualmente e pela música tocada ao vivo.

A Cia do Polvo foi criada em 2012 pela atriz e circense Natalia Presser e o diretor e dramaturgo Mark Bromilow, que se conheceram quando trabalhavam no Cirque du Soleil, em turnê na Europa. ‘Telhado de ninguém’ é a primeira produção oficial da companhia.

O espetáculo é viabilizado por meio do Proac (Programa de Ação Cultural), da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e conta com o apoio da Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

 

Teatro Municipal de SJC

Rua Rubião Júnior, 84 – Centro

(12) 3942-1144

Programação



Links