Fundação Cultural Cassiano Ricardo


O grupo Barracão apresentando a peça 'Zabobrim, o Rei Vagabundo', no encerramento do 34° Festivale. Foto: Paulo Amaral/FCCR.

O 34º Festivale (Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba) encerrou no último domingo (8) e já deixa saudades. Ao longo de 12 dias (de 28 de agosto a 8 de setembro), foram 83 atividades, entre formativas e de difusão, que circularam por toda a cidade de São José dos Campos, atraindo cerca de 30 mil pessoas. Todos os espetáculos registram sucesso de público.

Para quem ainda quer aproveitar um pouco mais deste importante festival, a Fundação Cultural Cassiano Ricardo disponibilizou, no site, uma série de críticas escritas por Daniele Avila Small, Julia Guimarães, Valmir Santos e Rodrigo Leite. Vale a pena conferir.

O 34º Festivale em números

Espetáculos inscritos: 412 (164 a mais que 2018)
Cidades inscritas: total de 85 (6 de São José dos Campos, 10 da capital paulista e interior, além de cidades dos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Distrito federal e Bahia). 
Atividades: 83 atividades, entre formativas e de difusão
Centro Cultural Clemente Gomes e Cine Santana: 420 alunos matriculados em cursos/oficinas de aperfeiçoamento e direção teatral
Atores e atrizes: 214
Técnicos: 84
Espaços: 25 lugares de apresentação, entre teatros, praças, casas de cultura e parques

Sobre os espetáculos

2 espetáculos convidados
1 espetáculo PROAC
2 espetáculos FM
2 espetáculos do SESI
10 espetáculos ACD
9 espetáculos do Projeto Circulação
1 espetáculo AAPA – Circuito Cultural Paulista
3 atividades musicais – Festavale
3 rodas de conversa (mesas)
4 oficinas / curso (com público a partir de 6 anos)

Sobre os críticos

Julia Guimarães

É pesquisadora, professora, crítica teatral e jornalista. Realizou pós-doutorado e foi professora colaboradora na Escola de Belas Artes da UFMG. Concluiu o doutorado na ECA-USP, onde atuou como professora convidada. É coorganizadora do livro O teatro como experiência pública (ed. Hucitec, 2019). Foi coeditora da Revista Aspas (SP) e integrou a equipe de colaboradores dos sites de crítica Horizonte da Cena (BH) e Teatrojornal (SP), além de ter trabalhado como jornalista cultural e crítica de teatro nos jornais O Tempo e Pampulha (BH).

Valmir Santos

Jornalista, crítico e pesquisador de teatro. Idealizador e editor do site Teatrojornal – Leituras de Cena (2010). Colaborador em curadorias ou consultorias de mostras, festivais ou enciclopédias. Mestre em artes cênicas pela USP.

Daniele Avila Small

É crítica e curadora de teatro. Doutora em Artes Cênicas pela UNIRIO, é autora do livro O crítico ignorante – uma negociação teórica meio complicada (Editora 7Letras, 2015). É idealizadora e editora da revista Questão de Crítica, presidente da seção brasileira da Associação Internacional de Críticos de Teatro (IACT-AICT), e editora da seção brasileira do jornal internacional de notícias The Theatre Times. É curadora dos Olhares Críticos, eixo reflexivo da MITsp.

Rodrigo Morais Leite

É doutor e pós-doutorando em Artes Cênicas pela Unesp, com pesquisas desenvolvidas nas áreas de crítica teatral e história do teatro brasileiro. Lecionou Teoria Teatral na Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT) e na Escola Viva de Artes Cênicas de Guarulhos. Atuando como curador, crítico ou mediador, participou de diversos festivais e mostras de teatro.

Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana
(12) 3924-7300/7341

Programação



 

Links